Sem categoria, truques de màe

Truques de mãe – Beber durante a refeição


Toalha, pratos, talheres, guardanapo… O que você põe sobre a mesa durante as refeições? Se a sua lista inclui caixas de suco ou garrafas de refrigerante, é necessário rever esse hábito. Beber durante o almoço ou o jantar é prejudicial para as crianças (e para a família inteira).

 A primeira possibilidade ocorre quando o nível de açúcar no sangue (glicemia) cai – isso já dispara o alarme e seu filho sente vontade de comer.  Se o estômago estiver vazio, também virá o aumento de apetite. Depois de ouvir a barriga roncar, a criança se alimenta, o nível glicêmico sobe e o estômago dela se distende: pronto, aí ela já está satisfeita. Mas e caso, logo no começo do almoço, você sirva um copo de suco? A bebida vai ocupar o lugar do alimento no estômago e elevar o nível de açúcar, trazendo a sensação de saciedade. Consequentemente, a criança não terá vontade de se alimentar. A preocupação dos médicos se refere ao aumento dos índices de obesidade infantil: as crianças ingerem bebidas açucaradas muito calóricas e sem valor nutricional significativo, deixando de lado os alimentos que teriam importância. Esse exagero no consumo ainda eleva o risco de diabetes tipo 2 e de problemas cardíacos, futuramente.O refrigerante, por ser gaseificado, expande ainda mais o estômago e traz sensação de saciedade maior.


Por isso, mude os hábitos da sua família e explique às crianças que o ideal é beber só após a refeição. Prefira a água, que não tem calorias, ou sucos naturais – os ácidos, como de laranja, podem ajudar na absorção do ferro. Já o leite, por ter cálcio, dificulta o aproveitamento desse nutriente. É claro que ele é importante, mas ofereça-o de 2 a 3 horas antes da refeição. Achocolatados, por exemplo, têm gordura e demoram mais tempo para serem digeridos, diminuindo a sensação de fome.

Back to list

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.