Sem categoria

Filho x trabalho

A maioria das mães trabalha e não pode, ou não quer deixar de exercer seu ofício para viver em função do filho e da casa. Algumas conseguem diminuir sua carga horária no emprego, mas isso não é regra geral. Seja por necessidade ou vontade, a volta ao trabalho acaba se tornando um fato – ou fardo. 

Realmente, para muitas mulheres, deixar o bebê em casa ou em creche é quase outro parto. Esse sentimento é até natural. Afinal, a mãe espera por ele durante nove meses, passa, em média, quatro meses totalmente dedicada a ele e, de repente, é obrigada a ficar longe. Isso, com certeza, é complicado para a maioria, mas, já que é inevitável, por que não tentar lidar de uma maneira saudável?

Uma atitude que facilita muito é confiar em quem vai cuidar do seu filho. Sair de casa e deixar seu bebê com alguém ou em algum lugar lugar que não é confiável, acaba por deixá-la preocupada com o que possa estar acontecendo a ele, e isso só fará com que você sofra mais, além de prejudicar seu rendimento no trabalho.

Não se sinta culpada por ter de deixar o seu filho para trabalhar. Com certeza, isso não fará bem aos dois.

O que você precisa fazer é relaxar, pois, se confiar na pessoa ou na creche que vai cuidar do seu bebê, é hora de voltar à luta e garantir ao seu filho uma mãe saudável, independente e feliz. Ele lhe será grato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *